terça-feira, 14 de julho de 2009

Hálux Valgo (Joanete)

Conceito: Deformidade lateral (em valgo) do Hálux (primeiro pododáctilo ou dedão dos pés), acompanhado de um desvio medial da cabeça do primeiro osso metatarsiano.
Á medida que se forma esse desvio, vários outros, chamados de fatores secundários, vão se instalando, um deles,é o famoso joanete que começa ocorrer devido a pressão exercida do calçado no local, um alargamento da porção interna da cabeça do metatársico formando uma saliência óssea globosa (exostose). Sobre essa exostose, forma-se uma bolsa sinovial sujeita a processos inflamatórios ou infecciosos extremamente dolorosos.
Causas: Elas são divididas em fatores intrínsecos e extrínsecos.
Fazem parte dos fatores intrínsecos: hálux maior do que os demais dedos, desvio congênito do primeiro metatarso, pés planos e frouxidão ligamentar.
Já o principal fator extrínseco seria o uso de calçados inadequados, principalmente em calçados cuja parte anterior freqüentemente é triangular, produz a aproximação das

cabeças dos metatarsianos (compressão médio-lateral) e desvios lateral do hálux e medial do 5ª artelho. A utilização de saltos elevados tende a agravar essa situação através da compressão axial, forçando cada vez mais o antepé contra a ponta do calçado.
Outros fatores que acompanham o hálux valgo são os calos plantares, dores na região anterior do pé e em muitos casos sub-luxação do segundo dedo.
Prevalência: Normalmente sexo feminino, tanto para s fatores intrínseco quanto o extrínseco, em média 5 mulheres:1 homem.e torna-se mais comum a partir da 4ª década de vida.
Tratamento:
Quando a deformidade já está instalada não existe tratamento conservador que irá fazê-la desaparecer, apenas tratamentos cirúrgicos, que dependendo da técnica escolhida pelo cirurgião que será determinada através dos exames complementares avaliados e o grau de desvio, poderá corrigir essa deformidade.
A fisioterapia tem como objetivo restringir o surgimento de mais deformidades devido o desvio instalado, impedindo através do uso de órteses e o uso de calçados especiais a progressão desse quadro clínico.
Quando indicado a realização de cirurgia, a fisioterapia pode estar presente no pré e pós- operatório, para que ocorra uma recuperação mais rápida e eficiente, diminuindo o tempo de recuperação e problemas relacionados com a imobilização pós-operatória

32 comentários:

  1. Bem interessante a matéria, precisavamos de um site assim nos tempos de graduação!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. Minha mãe se submeteu a uma operação do joanet, o seus pés ficaram piores do que antes. Ela, agora além da dor que sofre frequentemente em pisar no chão... O joanete voltou pior do que antes (tamanho duplicou)e com o dedão torto, onde o segundo dedo está sobreposto ao primeiro... Ainda, anda parecendo estar pisando em ovos... O aspecto do pé ficou horrível.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Na minha opinião, não sou médica... Mas, pelo trauma da minha mãe, aconselho as pessoas a pensarem bastante antes de operar, para não se decepcionar... Minha mãe jogou toda sua espectativa na operação. Hoje, vejo estampado em sua façe, o sofrimento e a frustação (seus pés ficaram piores doque antes)... Agora, instintivamente, pegou uma mania de ficar observando os pés dos outros (acredito seja fazendo um comparativo com os seus)...

    ResponderExcluir
  6. Sim...toda cirurgia tem seus riscos por isso é sempre importante antes de operar,tentar eleger outros tratamentos alternativos, no caso da joanete, a fisioterapa pode auxiliar, mas não reduzir totalmente o desvio pq já é uma alteração que está ali a muitos anos.Mas de qualquer maneira, quando se realiza a cirurgia deve ser bem pensada e decidida junto com o médico escolhido.
    Eu não sei como o pós-operatório foi nesse caso, mas isso também deve ser levado em consideração .
    Indicaria procurar ainda o médico para reavaliar e ver o que está provocando tanta dor e também realizar fisioterapia, se indicada, para aliaviar esses sintomas dolorosos.

    ResponderExcluir
  7. tenho familia que fez amputação do hálux valgo
    esta em tratamento.
    gostaria de saber se o curativo esta sendo correto
    cirurgia aberta para drenagem de secreção
    *lavando co sf0,9% + pomada colagenase.
    medico viajando. como posso saber uma vez que outros profissionais dizem para não deixar usar a pomada. devo proibir o uso da mesma?
    desde já obrigada!

    ResponderExcluir
  8. Sou Fisioterapeuta podologista e tenho especialização em órtese e prótese. Existe sim um tratamento conservador com uso de órtese de realinhamento funcional dos artelhos que dá um bom resultado nos casos de HV com supraducto de 2º artelho. Essa órtese é confeccionada sob medida e é personalizada para cada paciente. Não se pode esquecer da orientação quanto ao uso de um calçado adequado, uso de palmilha para reduzir a pronação e queda dos metatarsos... O grande problema do procedimento cirurgico é quando ele acontece antes de estinguir os meios conservadores e quando não existe uma adequação da espectativa do paciente com a realidade do seu quadro. Isso é de responsabilidade do profissional que conduz o tratamento.

    ResponderExcluir
  9. isso é causado devido a um desequilíbrio muscular... tratar com movimentos dos atelhos em todos os planos... caso a deformidade ainda esteja em processo inicial... ocorre que o músculo adutor do halux está mais forte que o abdutor... que fica por longo período de tempo alongado quando se utiliza calçados com bico fino.

    ResponderExcluir
  10. Fiz uma cirurgia de joanete em apenas um pé há 10 dias, troquei os curativos no oitavo dia. Durante a retirada do primeiro curativo, pude ver que o resultado está ótimo e minha joanete foi totalmente removida. Atualmente estou andando de muletas e aprendendo a andar novamente. O meu pé doeu muito pouco, às vezes sinto um repuxo na área operada, mas nada comparado a dor que eu sentia antes da operação. Fiz minha cirurgia com o Dr. Renato Queiroz em João Pessoa. Espero que esse comentário sirva para ajudar alguém que realmente precise fazer a cirurgia e esteja com medo das dores e do pós-operatório.

    ResponderExcluir
  11. Meu nome é Mariana, tenho 28 anos e sou de Belo Horizonte. Hoje está fazendo uma semana que fiz a cirurgia de joanete no pé esquerdo. Fiz nas duas laterais do pé. Não senti quase nenhuma dor. Tomei remedio para dor só nos 2 primeiros dias. Ainda não estou conseguindo apoiar totalmente o meu pé no chão, mas percebo que a cada dia a sensibilidade vai melhorando. Os cortes foram grandes, mas acho que valeu a pena. Boa sorte pra quem vai fazer!

    ResponderExcluir
  12. Fiz a cirurgia de joanete ha 5 semanas somente no pe direito. Nao e um pos-operatorio tranquilo porque o pe fica muito inchado e formigando. Andei com a ajuda de muleta por 10 dias. E depois com uma sandalia especial. Hoje estou andando ainda com um pouco de dificuldade, nao estou trabalhando ainda nem dirigindo. Apesar de tudo isso acho que valeu a pena pois o aspecto do pe agora e outro. Para quem tem esse problema aconselho fazer a cirurgia somente nos casos de muita dor e instabilidade do pe, como no meu caso. Nao vale a pena fazer se for somente por estetica. Nao e uma cirurgia tao simples assim...

    ResponderExcluir
  13. Meu nome é Andréa e gostaria de saber onde o Dr. Rogério Romeiro clinica. Também quero saber se ele conhece alguém com essa especialidade aqui em Brasília?

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  15. Fui operada no dia 1 de Março e apenas com 20 anos tinha um joanete muito complicado. 15 dias depois da operação, tirei os pontos (eram 16 pontos) e coloquei gesso durante 1 mês. Andei três semanas a "tentar" caminhar e fui operada novamente no dia 3 de Maio para extracção de ferros. Tirei os pontos (desta vez eram só 6) 15 dias depois e ando sem muletas (aleluia!), apesar de andar coxa.. Mas o pé à frente não vira quase nada, nem sapatos consigo calçar.. ainda tenho alguns ferros na zona onde era o joanete e só se causarem dores é que irei tirar. Mas ando irritada por o pé não se mexer e doer quando esforço.. Vai demorar quanto tempo a voltar ao normal? Ou pelo menos, a dobrar até metade do que o outro pé dobra? O médico mandou-me mexer o dedo, mas estava tão nervosa por tirar os pontos que nem lhe perguntei como o fazer :S O que o médico me fez foi cortar o joanete e implantar esse osso na base do dedo grande para ele não virar para dentro (estava por baixo do segundo dedo), depois partiu o dedo porque a falange estava mal formada e reconstruíu-a. Ao fim de 2meses e meio estou a caminhar, mal, mas a caminhar!! :) o pé está lindo!

    ResponderExcluir
  16. Olá Maria João... Li seu comentário, infelismente não posso te dizer em relação a tempo ou o que realmente você pode estar fazendo para mexer melhor o seu pé. Pois as vezes posso indicar um exercicio ou movimento e o mesmo prejudicar ainda mais a sua recuperação, pois alguns fatores interferem na conduta fisioterapeutica, dependendo o tipo de cirurgia, corte realizado e a placa usada são fatores que devem ser avaliados pessoalmente.
    Eu recomendaria a você procurar uma clinica de fisioterapia na sua cidade, um profissional que entenda de ortopedia e pedir para o mesmo fazer uma avaliação do seu quadro pós operatório até o presente momento. Muitas vezes, se uma boa recuperação não for feita nesse instante pode até mesmo prejudicar outro local de seu pé.

    ResponderExcluir
  17. Existem também bandagens e exrcícios de pilates que ajudam a diminuir o joanete.....Vc enrola um esparadrapo no hálux passa ele pela parte medial até chegar a parte lateral do pé empurrando o hálux para medial e finaliza tensionando bem o esparadrapo para que ele não sai, mas este tratamento deve ser realizado todo dia porque o esparadrapo perde a tensão

    ResponderExcluir
  18. Muito obrigado :)

    ResponderExcluir
  19. gostaria de saber se o halux valgo é motivo para eu ser eliminado de um concurso publico ? a minha joanete nao me atrapalha em nada inclusive pratico esportes e nunca tive nenhum problema. desde ja agradeço.

    ResponderExcluir
  20. Fiz a cirurgia de joanete a 3 dias e o médico me indicou uma sandália especial.Foi uma cirurgia super tranquila não senti quase dor nenhuma, estou andando pra todo lado (com a sandália) e vou tirar os curativos hoje. Quanto tempo devo continuar andando com essa sandália?

    ResponderExcluir
  21. Passei pelo procedimento cirurgico de halux valgus a 20 dias e hj retirei os pontos, e estou usando uma sandalia apropriada e andando de muletas, voltarei ao medico daqui um mes e depois volto ao hospital para retirar os pinos, por enqnto esta tudo bem comigo e n senti nenhuma dor ate agora e percebo uma enorme diferenca no meu pe, esta maravilhoso!!! O medico q me operou é espetacular...Excelente profissional, moro em BH e ele se chama Rodrigo Garcia Vieira e atende no hospital Ortopedico de BH. Quem pensa em fazer faca, pq estou amando meu pé... bjos

    ResponderExcluir
  22. Submeti-me à cirurgia há 3 meses com o medico Antonio Vitor de Abreu no Rio de Janeiro. Enganou-me dizendo que ficaria curada do joanete e estou pior do que antes. O dedo torto e o osso muito mais saliente. O que faço?

    ResponderExcluir
  23. Fiz a cirurgia da joanete,ñ senti nada durante a cirurgia, anestesia local e sedativo é chamada de mini-invasiva são só dois furinhos, e fiz tb alinhamento dos dedos, tb são só tres furinhos, o pé fica um pouco inchado e me foi indicado tilenol para a dor pós cirurgia, dia 12/8 fêz um mês,estou usando a sandalia um mês e 10 dias e pronta para levar o RX ao medico para liberar-me desta sandalia, dia 21/8 é minha proxima consulta.Meu medico é o Dr.Bernard Fabio Meyer aqui em Porto Alegre seu endreço esta no GOOGLE

    ResponderExcluir
  24. Fiz a cirurgia da joanete nos dois pés há 19 dias, e não senti dor alguma,já retirei os pontos e estou usando as sandálias,e o médico recomendou que após o uso das sandálias eu faça fisioterapia.

    ResponderExcluir
  25. Preciso fazer cirurgia, mas tenho muito medo, moro em Jundiaí Sp e não sei qual médico posso confiar,alguém conhece algum que possa me indicar, obrigada.

    ResponderExcluir
  26. Olá!! Fiz a cirurgia mini invasiva da joanete no pé esquerdo em julho de 2012, aquela dos tres furinhos, entrei as 11h para asala de cirurgia e as 14h ja estava saindo do hospital com o pé enfaixado e com a sandalia e com a prescrição de tomar só tilenol colocar o pé em agua com sal por 20 min utos alguns exercicios tudo fiz religiosamente, só que continuo fazendo RX pq o pé continua inchado até o momento, voltei ao medico e me receitou uma pomada para diminuir o edema diminuiu o inchaço, mas logo voltou a inchar, novamente voltei ao medico com novo RX, devido ao edema receitou-me um fitoterapico para a circulação adiantou , mas meu pé ainda doi e me limita muito ao caminhar, uso desde então muito cataflan,nimesulida comprimidos, ñ esperava por isso, pois adoro viajar, ñ gosto de ficar em casa e sinto-me limitada.Na ultima consulta o medico falou que talvez precise uma outra cirurgia pq o pé esteticamente ñ ficou igual ao pé direito, meu plano é da UNIMED, porem a cirurgia é paga e agora deverei pagar mais para fazer outra novamente.Disse-me ele que são seis casos de pacientes dele que aconteceu isso, pode? Sou de Porto Alegre e o médico é um dos melhores cirurgiões de problemas no pé.O motivo que resolvi fazer a cirurgia foi para ficar em plena forma para continuar minhas viagens e curtir a vida no entanto estou nessa, estou triste por isso.ABRS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi tambem preciso fazer essa cirurgia mas tenho medo do pos operatorio;vc diz que é de porto alegre por acaso vc fez com o dr Bernard Meyer'?PQ por que eu ja li é o mais requisitado ai?

      Excluir
  27. Sou de Porto Alegre,há 05 meses fiz a cirurgia do joanetes com Dr. Bernard Meyer e fiquei decepcionada.A promessa de voltar as atividades normais em 15 dias não aconteceu. Estou com fraturas em todos os dedos do pé, muita dor e inchaço, o que me impede de trabalhar. Não recebo beneficio do INSS porque já estou aposentada. E pior o Dr. não encontra horário na agenda sequer para olhar meu pé. Muita falta de respeito com paciente que pagou e continua sofrendo mais do que antes sem receber o prometido pelo médico. Não recomento.

    ResponderExcluir
  28. Faz 6 meses que fiz a cirurgia da joanete , o dedo que fica ao lado do dedão o médico teve que cortar o tendão porque ele estava ficando torto devido a joanete , porém meus dedos não consigo mexer como antes meu pé ainda fica inchado se eu pudesse voltar atrás não faria essa cirurgia .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antonio, você fez a cirurgia com qual médico?? Estou pensando em fazer, mas não sei bem... Por favor, me diga!!!!

      Excluir
  29. Olá pessoal, sou de Salvador tem 8 dias que fiz a cirurgia e confesso que os dois primeiros dias doeu bastante, porém e bem melhor dois dias de dores intensas que uma vida inteira, já fui duas vezes ao médico para acompanhamento e amei o resultado.Meu médico e muito atencioso e me deixou bastante segura para realização do procedimento.
    A cirurgia durou 2 horas, sai do hospital andando com sandália especial , porém por conta das dores decidimos que usaria as muletas na 1 semana, hoje já não sinto quase dor, e já da para me locomover em casa com a sandália de barouk.



    ResponderExcluir
  30. Me chamo Fabriciio fiz a cirurgia no dia 23/06/2014 em Divinópolis com o Dr Jose Mendes Payão
    A cirurgia foi supertranquila com anestesia raqui ( Bloqueio da cintura para baixo?
    Com 10 dias abriu o gesso e tirou os pontos e coloquei outro gesso por mais uma semana
    Não houve dor; um pequeno inchaço e dormência no hallux (dedão).
    Fiz pericia no INSS e me foi concedido 60 dias de licença a partir do dia da cirurgia já que trabalho de sapato o dia todo.
    Hoje com 30 dias ainda ha uma dificuldade em pisar com a parte da frente do pe e não consigo movimentar o dedão como antes
    Mas indico a cirurgia

    ResponderExcluir