quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Epicondilite Lateral (Cotovelo de Tenista)

Conceito: A epicondilite lateral é um processo inflamatório que surge no local de origem dos tendões da musculatura do antebraço, atingindo principalmente o músculo extensor radil curto do carpo.
Causa: Movimentos repetitivos, ou stress repetitivo de alguns movimentos, como a pronosupinação, isso irá gerar microrupturas dos tendões e por isso surge a inflamação na região.
A degeneração do ligamento anular também pode ocasionar essa inflamação.
Sinais e sintomas:
  • Dor a palpação do epicôndilo(estrutura anatômica).
  • Ínicio lento,tornando-se progressivo.
  • Dor normalmente localizada do lado de fora do cotovelo.
  • Em alguns casos, dor irradiada para antebraço,punho e mão.

Incidência: Pode acometer praticantes de diversos esportes que utilizam o membro superior, não apenas o tenis como: handball, squash e remo.Algumas atividades de vida diária ou tipos de trabalhos que exigem movimentos repetitivos de membros superiores também causam a epicondilite, tais como: datilografia, carpintaria, pintura e algumas formas de artesanatos.

Em relação ao tênis que é o esporte em que existe maior incidência a epicondilite está associada a inúmeros fatores, alguns deles são: empunhadura não compátvel, erro de técnica e tensão excessiva quando se bate com a raquete na bola.

Tratamento: Primeiramente deve-se identificar os fatores que estejam causando a lesão e se possível interromper ou corrigir na medida do possível esse fator. O retorno às atividades deve ser lento e gradual, devendo-se evitar qualquer exagero. O tratamento fisioterapêutico inclui: diminuição da dor, manipulação do cotovelo, alongamentos,indicar o uso de orteses,algumas outras técnicas com o uso de laser, eletroterapia e reforço muscular.

Deve-se lembrar que esse tipo de tratamento é lento e depende muito também do paciente se está ou não seguindo as recomendações médicas e fisioterapeuticas para obter melhores resultados de forma mais rápida e eficaz.

Dica de leitura: Artigo da revista Brasileira de Ortopedia, publicado em 2003, que faz uma revisão sobre a epicondolite lateral, mostra uns testes específicos para detectar a epincolite e também tratamento. http://www.rbo.org.br/materia.asp?mt=861&idIdioma=1

20 comentários:

  1. Bom dia, meu nome é valéria, sou fisioterapeuta e, lendo sobre epicondilite lateral do cotovelo, achei o site de vcs, mas antes disso li um artigo que é controverso ao fato da epicondilite ser um processo inflamatório, e sim degenerativo por infarto tecidual em degeneração pela sobrecarga do extensor radial curto do carpo e a porção ântero-medial do extensor comum dos dedos.
    Estes dados estão no site www.rbo.org.br/materia.asp
    Acho que com essa informação podemos tem uma outra abordagem para, com isso, tentar com alguma ferrementa melhorar os sintomas da epicondilite com mais eficácia
    Atenciosamente
    Valéria

    ResponderExcluir
  2. Boa dica Valéria sempre é importante a contribuição dos colegas de profissão para melhorarmos nossos conhecimentos cada dia mais.

    ResponderExcluir
  3. bom dia .fiz infiltração de 2ml de sangue autólogo a 1 semana , a dor melhorou mas não zerou ,cotovelo esquerdo..... e como forcei muito o braço direito ,comecei a sentir dores no mesmo.... faço fisio e acupuntura e sinto dores ... 4 anos de tratamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. carolina simón fisioterapeuta recifense21 de agosto de 2012 16:44

      o que você faz na fisio?
      só aparelhos ou também exercícios?
      tem orientações sobre como usar o braço de forma a não voltar a dor?

      Excluir
  4. Josiane Schwartz Pazetto26 de fevereiro de 2010 17:26

    Ola anomimo, como nao acompanho seu caso desde o inicio e os dados passados nao sao mtos, nao posso dizer ao certo o que pode estar ocorrendo, mas acho que 4 anos de tratamento é bastante tempo para não ter ocorrido melhoras ainda, indicaria para vc nesse momento procurar um novo médico ortopedista para refazer os exames e ver o que realmente esta acontecendo com seu cotovelo esquerdo e direito, mtas vzs e´só por fraquesa muscular que ocorrem esse tipo de dor, ou por movimentos repetitivos, seria interessante pensar em praticar pilates, que alonga, causa alivio de dores musculares e também fortalece sua musculatura, evitando dessa maneira exercicios repetitivos. Bom por enquanto é isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. carolina fisioterapeuta recifense21 de agosto de 2012 16:48

      pilates com fisioterapeuta, pois se realizado por educador físico que normalmente não tem conhecimento das patologias ou por professor de Pilates que nem da área de saúde é pode piorar ainda mais o quadro

      Excluir
  5. Boa noite. Estou com epicondilite lateral no braço esquerdo. Lí matéria no site da Revista Brasileira de Ortopedia e estou interessado em descobrir uma médico, na cidade do Rio de Janeiro que faça o tratamento por infraltração de sengue autólogo.

    Agradeço por sua atenção.

    Luis Fernando Botelho Rinas
    Email: lribas@uol.com.br

    ResponderExcluir
  6. O SEGREDO É TRATAR NO INÍCIO DA LESÃO... Fica bem mais simples: repouso relativo, laser, gelo, tens, massoterapia com analgesico local e antiinflamatórios prescritos pelo ortop. MAS SE CRONIFICAR...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. os efeitos cronicos apenas ocorrem, quando a pessoa por alguma causa não faz o tratamento adequadamente. fisio, medicamento, tb repouso e correçoes mecanicas devem ser feita (fortalecimento epecifico)

      Excluir
  7. Tive uma lesão no cotovelo direito a uns 2 anos atras. E até hoje sinto muita dor quando faço esforço com o braço e au tocar no cotovelo. Tomo rémedio as vezes para aliviar a dor.
    E eu faço muito exercicio físico gostaria de saber oque fazer? será que devido a tanto tempo assim tenho que operar?
    espero uma resposta.. se possivel enviar para meu email: ranna_jv@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. como utilizar o ultrasom na epicondilite lateral:
    1 mhz? continuo? profundo?cronico?meu paciente sentiu muita dor da ultima vez que utilizei.
    já utilizo a quase um mes.

    ResponderExcluir
  9. Bom dia! sinto dores forte no cotov. direito o médico diagnosticou uma epicondilite e me receitou 6 ampolas para tomar de 3 em 3 dias descobri que esse tratamento era a base de corticoide. isso me trousse sérios problemas de saúde, estou pagando caro por isso.Continuo sentindo muitas dores.

    ResponderExcluir
  10. Olá... o US deve ser usado de maneira pulsada inicialmente, pois existe um processo inflamatório local, que se vc utilizar o continuo irá esquentar mais ainda o local e por isso pode causar dor...o de 1 mhz que se usa em tratamento ortopédico. Importante realizar alongamentos e também usar gelo no local.

    ResponderExcluir
  11. pois é, tb estou sofrendo deste mal, nos dois braços. não entre no site acima está com virusPerigo: Surf-Shield detectou ameaças ativas nesta página e bloqueou o acesso para sua proteção.

    ResponderExcluir
  12. estou com dor no cotovelo esquerdo, fiz uma cirurgia por fratura a mais de dez anos, e de um ano pra ca venho tendo dores agudas, pelo que venho lendo estou com essa epicondilite, pois as dores se dao no lado de fora do cotovelo e o movimento de rotaçao do punho aumenta e muito a dor...essa fratura pode ter influenciado nesse processo degenerativo??sou atleta, nao posso ficar parado!!! treino musculaçao e jiu jitsu 6x por semana....o que devo fazer???

    ResponderExcluir
  13. Minha pergunta é em tdos os casos epicondilite é preciso sentir dor o tempo todo ou pode sentir d forma discreta?Pois fui diagnosticado com esse problema mas sinto dores leves detalhe já estou fazendo fisioterapia.

    ResponderExcluir
  14. Meu trabalho exige muito esforço fisico e o fisioterapeuta me deu declaração de interrupção de minhas atividades para o tratamento,porém o rh encaminhou para o médico da empresa me avaliar.Ele pode negar esse afastamento?

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde, estou tratando a epicondilite a aprox. 3 meses e estou tendo bons resultados, a dor aguda de inflamação não está mais presente, não há edema nem dor à palpação. Porém, dependendo da forma que apoio o cotovelo em determinada superfície, sinto uma leve fisgada na inserção do tendão junto ao osso do cotovelo. O que pode ser isso, é algum resíduo da lesão? Obrigado.

    ResponderExcluir
  16. Descobri essa tal epicondilite, terrível,sinto dores fortes , atividades simples como abrir uma garrafa de água mineral pequena provoca dor, enfim acredito que pelos depoimentos que li que a coisa realmene é bem complicada de se resolver.Gostaria de saber se pode-se através da alimentação melhorar a situação.

    ResponderExcluir
  17. Boa noite, infelizmente também tenho sofrido que chegue, com uma epicondilite lateral, no qual já foi submetida a duas cirurgias e vários tratamentos de medicina física, ao fim de dois anos continuo na mesma ,tendo sido agora encaminhada para a consulta da dor pois agora tenho dores fortes no epicôndilo e omalgia no lado direito .gostaria que me ajudassem ,porque vejo que estou a ser um jogo de empurra no hospital.

    ResponderExcluir